Filho de Benes Leocádio foi atingido por tiro de fuzil - Joabson Silva

NOVAS

18/09/2018

Filho de Benes Leocádio foi atingido por tiro de fuzil


De acordo com reportagem publicada hoje, 18, na Tribuna do Norte, pelo menos um dos tiros que matou o filho de Benes Leocádio, partiu de um fuzil calibre 5.56, do uso exclusivo das forças militares do RN.

A informação consta no laudo balístico realizado dos fragmentos do projetil retirado do corpo do adolescente na noite do dia 15 de agosto pelo ITEP, o qual, a Tribuna teve acesso exclusivo.

Das oito armas recolhidas no dia do crime, seis foram fuzis recolhidos dos policiais e dois revólveres calibre 38 que estavam com os bandidos. A reportagem destaca que o laudo deu negativo para sete das oito armas recolhidas e inconclusivo para uma delas.

Inquérito Militar

Paralelo ao inquérito investigado pelo Polícia Civil, a Polícia Militar também investiga as circunstâncias da morte de Luiz Benes Junior e Matheus da Silva Régis. Quatro policias estão sendo investigados e estão afastados de suas funções. O inquérito está sob sigilo.

O Crime

Luiz Benes Junior, de 16 anos, foi morto após ser vítima de um sequestro relâmpago na zona sul de Natal próximo ao escritório do pai, o ex-prefeito de Lajes e candidato a deputado federal, Benes Leocádio, no dia 15 de agosto. Benes Jr. foi obrigado a dirigir o carro do pai, enquanto dois adolescentes praticavam assaltos pela cidade. Na zona Norte, o carro foi interceptado pela Polícia e, segundo a polícia, os adolescentes abriram fogo contra os policiais. Benes e um dos criminosos, o Matheus Silva, foram atingidos e morreram.