RN não atinge meta do Ideb e tem o terceiro pior desempenho no ensino médio do país - Joabson Silva

NOVAS

04/09/2018

RN não atinge meta do Ideb e tem o terceiro pior desempenho no ensino médio do país


O Rio Grande do Norte teve o terceiro pior desempenho do país no ensino médio da rede pública estadual dentro do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O estado alcançou 2,9 pontos no Ideb 2017, 1 ponto a menos do que a meta prevista para o ano.

O Ideb é o principal indicador de qualidade da educação básica, formado pelo Saeb (prova de português e matemática aplicada a cada dois anos) e pelo fluxo escolar (taxa de aprovação/reprovação/abandono dos alunos).

O estado avançou pouco no Ideb nos últimos dez anos. Em 2007, o RN alcançou 2,6 pontos. Em 2017, o aumento foi de 0,2.

Ainda em relação ao ensino médio, a rede privada do RN alcançou uma pontuação melhor que a rede pública, 5,2. Mas também não atingiu a meta que era 6,3 pontos para 2017.

No ensino fundamental o desempenho da rede pública estadual do RN é melhor. O estado alcançou nota 4,6 nos anos iniciais, acima da meta que era 4,2. Já nos anos finais a nota foi 3,3; abaixo da meta que era 4.

Nacional

Os dados do Ideb mostram ainda que, ao considerarmos todo o país, somente os anos iniciais do ensino fundamental alcançaram as metas intermediárias definidas para 2017. Todo o ensino médio e os anos finais do ensino fundamental ficaram abaixo e apresentaram queda em ao menos um cenário.

O ensino médio, considerando a rede pública e privada, teve crescimento de 0,1 ponto entre 2015 e 2017: passou de 3,7 para 3,8. Mas se considerada apenas a rede estadual, responsável por 84,6% das matrículas nesta etapa do ensino, o Ideb ficou estagnado e teve um crescimento modesto nos últimos anos (em 2015 e em 2017 era 3,5; em 2009 era 3,4).