TRE começa a inserir informações nas urnas eletrônicas para eleições 2018 - Joabson Silva

NOVAS

19/09/2018

TRE começa a inserir informações nas urnas eletrônicas para eleições 2018


O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) dá início nesta quarta-feira (19) à fase da inserção das informações nas 8.043 urnas eletrônicas que serão utilizadas no estado durante as eleições gerais que ocorrem em 07 de outubro. Isso significa que os técnicos da Justiça Eleitoral começarão a transferir para as urnas eletrônicas (UEs) os dados dos eleitores que votam em cada seção e dos candidatos que concorrerão ao pleito (nome, partido, foto, cargo e número), num procedimento denominado “Carga de Urnas”.

A Cerimônia de Carga de Urnas marca o fechamento do sistema de registro de candidaturas, que a partir de então não mais poderá ser modificado. De acordo com a legislação, irão para as urnas neste momento os dados dos candidatos cujos registros foram deferidos, mas também os dos candidatos que tiveram o pedido indeferido com recurso, que até a decisão final do processo ainda estarão aptos a fazer campanha.

O trabalho, que será coordenado pela Secretaria de Tecnologia da Informação do TRE-RN, começará pelas 1.465 urnas da capital. As urnas serão alimentadas a partir das 8h00, no Centro de Operações da Justiça Eleitoral (Coje), localizado na Rua da Torre, s/n, Tirol. No interior do estado, o sistema de alimentação de urnas vai acontecer no período de 25 a 28 de setembro, cabendo a cada zona eleitoral a responsabilidade por esse serviço.

As zonas eleitorais são as unidades que realizam a cerimônia de carga e de lacre das urnas em seu âmbito de jurisdição. Só depois de carregadas e lacradas é que as UEs serão distribuídas para serem instaladas nas seções, a fim de funcionarem plenamente no dia da eleição.

Após serem alimentadas as urnas com as informações dos eleitores e candidatos, são realizados testes de funcionalidade nos equipamentos, para verificar, por exemplo, o bom funcionamento do sistema de som, da impressora e do teclado da urna. Em seguida, os compartimentos das UEs são fechados com lacres assinados pelo juiz eleitoral, pelo promotor e pelos representantes dos partidos e coligações que estiverem acompanhando o processo.

A carga ou preparação das urnas eletrônicas deve ser feita em sessão pública, com prévia convocação dos fiscais dos partidos e coligações. Os editais de convocação do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil e dos integrantes de órgãos partidários são expedidos pelos juízes eleitorais.