Escola em tempo integral é o legado de Robinson para a educação, diz secretária - Joabson Silva

NOVAS

19/10/2018

Escola em tempo integral é o legado de Robinson para a educação, diz secretária


A secretária estadual de Educação, Cláudia Santa Rosa, fez um balanço positivo da gestão do governador Robinson Faria para o setor. Ela disse que quando ele assumiu o governo não havia nenhuma escola em tempo integral e hoje existem 49, com outras seis sendo preparadas e recebendo os equipamentos utensílios necessários. Além disso, a secretária disse que há 53 escolas técnicas profissionalizantes funcionando nos 167 municípios do Estado.

De acordo com Cláudia Santa Rosa, em entrevista à Rádio 94FM, o Estado tem um total de 610 sob sua responsabilidade e foi durante esta gestão que quase quatro mil professores aprovados em concurso foram chamados, isso sem contar com a contratação de outros educadores, principalmente para as disciplinas técnicas dos cursos profissionalizantes. A secretária destacou que nas escolas em tempo integral, os alunos têm alimentação garantida, com café da manhã, almoço e lanches e que as mães e pais deixam os alunos às 7h da manhã e só precisam buscá-los às 17h.

Outra marca que será deixada nas escolas públicas na gestão de Robinson Faria, segundo a secretária Cláudia Santa Rosa, será a presença de atividades esportivas, recreativas e culturais – uma tendência que deverá ser seguida pelos próximos governantes. “Quero aproveitar e anunciar que no próximo ano o Rio Grande do Norte passará a ter 60 escolas técnicas profissionalizantes, porque estamos deixando prontas outras sete”, disse Cláudia Santa Rosa.

Para a secretária, é sempre bom que o Rio Grande do Norte variava a nota no Ideb – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – entre 2,6 e 2,8 de 2005 até ano passado, mas este ano a nota mudou para melhor e houve melhora de desempenho na educação. “Essas políticas implantadas no Rio Grande do Norte estão sendo vistas com bons olhos em outros estados. A escola em tempo integral, as escolas técnicas profissionalizantes e a recuperação de escolas públicas clássicas – como Atheneu e Winston Churchill – são legados do governador Robinson Faria, que sempre nos deu carta branca para trabalhar”, informou Cláudia Santa Rosa.