População reclama da falta de água em Japi e escola alerta para paralisação das aulas - Joabson Silva

NOVAS

10/10/2018

População reclama da falta de água em Japi e escola alerta para paralisação das aulas


Moradores de Japi têm enfrentado, com frequência, problemas ligados ao abastecimento de água. Pelo 80% da zona urbana é abastecida pela Adutora Monsenhor Expedito, através da Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte (Caern), entretanto existe um grande número de ligações clandestinas em regiões onde a rede de abastecimento não foi instalada. 

O líquido até chega a algumas residências, porém em ouras a intermitência é frequente. A água nas torneiras se tornou um item difícil, embora todos reforcem que a fatura mensal permanece pontual na entrega e inalterada no valor, com a cobrança da taxa mínima de R$ 39,99.

O problema também tem afetado escolas, e o desabastecimento pode provocar a paralisação das aulas como alertou Roberto César, diretor da Escola Estadual Coronel Manoel Medeiros II, o Ginásio.