Agentes penitenciários pedem a Fátima Bezerra para manter secretário na SEJUC - Joabson Silva

NOVAS

19/11/2018

Agentes penitenciários pedem a Fátima Bezerra para manter secretário na SEJUC


Através de uma ‘carta aberta’ destinada à governadora eleita, Fátima Bezerra, a Associação dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte pede a permanência do permanência do secretário Mauro Albuquerque no comando da Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUC). Na comunicação encaminhada à futura chefe do Executivo potiguar, os agentes penitenciários alegam que o trabalho realizado por Albuquerque “transformou completamente a realidade do sistema penitenciário do RN”.

A Associação ressalta ainda que o atual titular da SEJUC “é um especialista em sistema prisional, não assumiu a secretaria por benefício político, mas sim por meritocracia”.

Segue abaixo a ‘carta aberta’ na íntegra

Carta aberta dos agentes penitenciários à Governadora eleita e à sociedade do Rio Grande do Norte:

Nós agentes penitenciários do Estado do Rio Grande do Norte manifestamos o nosso total apoio a permanência do secretário Mauro Albuquerque à frente da Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUC).

Reconhecemos o excelente trabalho que ele vem desempenhando juntamente com sua equipe, trabalho esse que transformou completamente a realidade do sistema penitenciário do RN.

Mauro Albuquerque é um especialista em sistema prisional, não assumiu a secretaria por benefício político, mas sim por meritocracia. Além de experiência na área, um operacional que conhece a realidade carcerária, também se mostrou um excelente gestor administrativamente falando.

Ele, juntamente com sua equipe, conteve a maior rebelião da história do RN, na Penitenciária de Alcaçuz, e o mais importante, manteve o controle dentro das unidades após sanada a crise.

Além disso, sua gestão reformou e reestruturou todos os presídios, implantou procedimentos padrão, ordem e disciplina nas cadeias, enfrentou o crime organizado e descapitalizou as facções criminosas.

O nosso secretário lutou pelo concurso, que aumentou o efetivo em 60%, nos deu um curso de formação de excelência e ainda investiu na capacitação dos agentes mais antigos, com cursos diversos, dentre eles o de armamento e tiro, já que a maioria nunca tinha passado por um curso para manusear um arma. Trabalhavam nos plantões sem nenhuma segurança ou estrutura. Antes os presos comandavam.

O nosso secretário combateu a corrupção dentro do sistema, instaurou e levou à frente procedimentos administrativos, dispensando agentes envolvidos em ações de transgressão. Encampou a luta para implantação dos níveis e equipou os agentes e unidades com veículos, coletes, munição e armas.

O nosso secretário tornou o sistema norte-rio grandense referência em todo país e nos deu orgulho em vestir nossa farda.

Mauro, nós que queremos que esta realidade permaneça, que queremos um Sistema seguro, controlado e sob o domínio do estado, estamos com você, e deixamos o nosso Muito Obrigado por tudo que você fez pelos servidores, pelo sistema e principalmente pelos agentes penitenciários. Com orgulho, você é nosso 01.

Agepen RN