Atraso de salários no RN: servidores farão protesto na terça-feira - Joabson Silva

NOVAS

23/11/2018

Atraso de salários no RN: servidores farão protesto na terça-feira


O Fórum Estadual dos Servidores do Rio Grande do Norte promoverá um ato terça-feira (27) em frente à sede do Governo do RN para protestar contra o atraso de salários. Mas também para cobrar garantia de pagamento com relação aos meses que ainda precisam ser pagos.

O ato está marcado para as 9h e contará com a participação de representantes de pelo menos oito sindicatos de servidores do estado e também de associações. Há possibilidade que no mesmo dia ocorra uma paralisação geral. Mas isso ainda está sendo discutido pelas entidades envolvidas.

Na tarde desta sexta-feira haverá uma reunião na sede do Sindicato dos Auditores Fiscais (Sindfern) para definir os últimos detalhes do protesto.

Os trabalhadores temem que o governo não consiga quitar o restante do 13º de 2017 (ainda falta pagar para quem ganha acima de R$ 5 mil); e os salários de outubro (para quem ganha acima de R$ 6 mil).

Há também o temor que com relação aos salários de novembro (que deveria começar a ser pago dia 30), de dezembro e o 13º de 2018 (que precisa ser pago até 20 de dezembro).

Um dos objetivos do ato da terça-feira é conseguir audiência com a chefe da Casa Civil, Tatiana Mendes Cunha, para apresentar as reivindicações e preocupações dos servidores. E obter uma posição oficial com relação aos problemas.

De acordo com o diretor do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta (Sinai), Santino Arruda, o governo precisa cumprir seu dever e quitar os salários. “Estamos reivindicando que o governo cumpra seu papel”, disse.

O Rio Grande do Norte possui cerca de 103 mil servidores ativos e inativos. De acordo com Santino Arruda, a situação é muito complicada porque há servidores que têm pelo menos cinco salários para receber ainda este ano, contando atrasados e os que ainda serão quitados.