Presidente PSL no RN diz que escolha para cargos federais vai ser técnica - Joabson Silva

NOVAS

29/11/2018

Presidente PSL no RN diz que escolha para cargos federais vai ser técnica


O coronel da reserva aviador Hélio Oliveira, novo presidente do PSL no Rio Grande do Norte, informou que a equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro – que definiu pela diminuição do número de ministérios – está trabalhando nos nomes que vão assumir os cargos federais no Estado. Hélio Oliveira adiantou que o número de cargos será menor que o atual, cumprindo uma das medidas anunciadas na campanha – a de diminuir os gastos com pessoal.

Segundo Hélio Oliveira, o enxugamento da máquina federal já começou e não ficará restrito apenas a Brasília, será aplicado em todos os estados com uma das medidas para combater o déficit público. Como muitos ministérios passarão por uma fusão, Hélio Oliveira frisou que é certa a extinção de alguns cargos nos estados, mas não adiantou quais serão, porque essa decisão virá da equipe de transição, que também está ouvindo o PSL em todos do estados.

Objetivo, Hélio Oliveira destacou que os eleitos do PSL no Rio Grande do Norte – general Girão Monteiro, deputado federal, e o coronel André Azevedo, deputado estadual – terão legitimidade para escolher quem vai ocupar cargos no Estado, bem como a diretoria do PSL. “Há uma certa preocupação com estas posições, mas o critério de escolha será técnico. No momento oportuno, serão anunciados. Estamos fazendo uma análise de nomes”, destacou Hélio Oliveira, que assumiu a presidência do PSL há duas semanas no lugar do brigadeiro da Aeronáutica Carlos Eduardo da Costa Almeida.

Outro anúncio feito por Hélio Oliveira está relacionado às duas próximas eleições – nos anos de 2020 e 2022. O presidente do PSL destacou que um mapeamento foi feito, e as possibilidades de crescimento da sigla são grandes. “Tivemos votações expressivas em mais de 100 municípios potiguares e vamos trabalhar para que o nosso partido cresça, principalmente porque o próprio presidente Bolsonaro já disse que o Nordeste receberá grandes investimentos e o Rio Grande do Norte faz parte desta promessa que será cumprida”, lembrou.