PRF registra menos acidentes e menos feridos no RN durante o feriado de finados - Joabson Silva

NOVAS

05/11/2018

PRF registra menos acidentes e menos feridos no RN durante o feriado de finados


A operação Finados 2018 da Polícia Rodoviária Federal encerrou à meia-noite deste domingo (04), com o registro de menos acidentes e menos feridos nas rodovias federais que cortam o estado do Rio Grande do Norte. Foi registrado um óbito em decorrência de uma colisão frontal entre duas motocicletas na BR 226, em Campo Redondo/RN.

Durante os quatro dias da operação foram registrados nas rodovias federais do Rio Grande do Norte um total de nove acidentes, que resultou em 12 pessoas feridas e uma pessoa morta. Na operação finados do ano passado foram registrados 13 acidentes que resultaram em 19 pessoas feridas. Não houve registro de morte.

Fiscalização

Durante a operação a PRF fiscalizou 2.835 veículos e 2.928 pessoas. Foram aplicadas 813 autuações por infrações de trânsito diversas. A fiscalização de alcoolemia e de combate ao excesso de velocidade foram importantes para a redução no número de acidentes. De quinta-feira (01) a domingo (04), cerca de mil motoristas passaram pelo teste do etilômetro, dos quais 19 foram autuados por estarem dirigindo sob efeito de bebida alcoólica. Com relação ao excesso de velocidade, 147 veículos tiveram as imagens capturadas pelo Radar fotográfico por transitarem com velocidade acima da permitida. Outros 70 condutores foram autuados por não uso do cinto de segurança e 51 por fazerem ultrapassagens proibidas.

Educação para o Trânsito – No tocante ao trabalho preventivo, a PRF realizou ações voltadas para conscientizar os condutores e passageiros de veículos que estavam em deslocamentos nesse final de semana prolongado. 394 pessoas foram abordadas e sensibilizadas sobre a responsabilidade com a segurança no trânsito, através do projeto Cinema Rodoviário.

Pessoas Detidas – Durante a operação, a Polícia Rodoviária Federal também atuou no combate à criminalidade. Oito pessoas foram detidas por crimes diversos. Destas, duas foram detidas por entregar a direção de veículo automotor apessoa não habilitada, uma por porte de droga para consumo, uma por contrabando, uma por receptação, uma por apresentar Carteira de Habilitação falsa, uma por exercício ilegal de profissão (fazendo transporte remunerado sem a devida autorização) e uma outra por embriaguez ao volante.