Primeiros 54 novos leitos chegam ao Walfredo Gurgel - Joabson Silva

NOVAS

19/11/2018

Primeiros 54 novos leitos chegam ao Walfredo Gurgel


Dois caminhões contendo os primeiros 54 novos leitos (de um total de 239) adquiridos pelo Hospital Walfredo Gurgel, para atendimentos do trauma, chegaram nesta segunda-feira (19). Os equipamentos já começaram a ser montados e já estão em uso pelos pacientes internados nas enfermarias do segundo pavimento. A chegada das camas marca um novo período assistencial para o Hospital, que é a maior unidade de saúde pública do RN.

Segundo a diretora geral do HMWG, Maria de Fátima Pereira Pinheiro, “agora poderemos ofertar maior conforto e segurança para os nossos pacientes. As camas antigas não tinham mais nenhuma condição de uso, estavam velhas e enferrujadas. Estas além de novas, são mais modernas e de melhor manuseio para as equipes de enfermagem”.

Durante esta semana, outros caminhões chegarão à unidade. Ao final, todos os 204 leitos (adultos e pediátricos) de enfermarias e os 35 de Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) estarão trocados.

Leonardo Júnior é morador da cidade de Santa Cruz e sofreu um acidente de moto. Internado há 41 dias no HMWG ele foi o primeiro paciente a usar um dos novos leitos e de imediato aprovou a troca. “Essa cama nova é muito mais silenciosa, mais espaçosa e mais confortável. Estou adorando. É uma cama de ótima qualidade”, afirmou.

A jovem Eduarda Vitória é filha do paciente, Euzemar Barbosa, 49 anos, vítima de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e que também já está fazendo uso do novo leito. “As camas antigas eram horríveis, muito enferrujadas. A gente está agradecendo muito, chegaram na hora certa. Agora será mais seguro para dar banho no meu pai, fico bem mais aliviada”, disse Eduarda.

O investimento na aquisição destes equipamentos era um desejo antigo da atual gestão que, infelizmente, esbarrava sempre na falta de recursos. Mas, no final do ano passado, graças a uma Emenda Parlamentar no valor de RS 2.000.000,00 disponibilizada pelo Deputado Federal, Fabio Faria, a concretização dessa vontade tornou-se viável. O recurso federal ainda permitiu a compra de novos monitores multiparâmetros com capinógrafos (oito), poltronas do papai (90), escadas hospitalares (180) e cardioversores (seis).

Confeccionadas em inox, as camas manuais possuem três manivelas, são totalmente articuláveis, permitindo elevação de dorso, altura e joelhos. As elétricas além de possuir as mesmas funcionalidades, são comandadas por motores blindados, bivolt, com unidades de baterias recarregáveis, acionados através de controle remoto com fio e com dispositivos de segurança. No mesmo lote, também foram compradas macas exclusivas para a transferência de pacientes entre setores de internação. Estas são equipadas com cabeceiras reguláveis e grades laterais removíveis em tubos de aço, suporte para soro, para-choque de borracha e freios.