“Que Deus tenha piedade do nosso Estado”, diz esposa de Carlos Eduardo Alves - Joabson Silva

NOVAS

01/11/2018

“Que Deus tenha piedade do nosso Estado”, diz esposa de Carlos Eduardo Alves


Derrotado nas urnas no último domingo, o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), se reuniu com lideranças da capital potiguar nesta terça-feira, 30. O encontro, realizado na sede do PDT, foi organizado pela sua esposa, a ex-primeira dama e atual secretária municipal da Mulher, Andréa Ramalho. No evento, ambos agradeceram ao empenho da militância que deu cerca de 60% dos votos de Natal ao pedetista.

Pelas redes sociais, ao se referir a vitoriosa do pleito, a senadora Fátima Bezerra, Andréa disse esperar que “Deus tenha piedade de nosso Estado”, completando em seguida: “e ilumine a mente da governadora eleita para que corresponda à responsabilidade que lhe foi confiada”.

No evento, foi a primeira vez que Carlos Eduardo Alves falou publicamente após a campanha. No domingo, 28, já com o resultado das urnas definido, o então candidato preferiu se manifestar apenas por meio de uma nota destinada à imprensa. “Essa vitória [em Natal] foi construída por cada uma de vocês, em cada um dos seus bairros, que trabalharam, que somaram para esses mais de 90 mil votos de maioria. Eu fiz questão de estar nessa reunião, porque quero agradecer a cada um. Muito obrigado”, disse o ex-prefeito.

Andréa Ramalho manteve o tom do marido. “O sentimento que estou aqui dentro do peito é de gratidão, de verdadeira gratidão. Esse é o motivo do nosso encontro. Nós temos que agradecer a cada um de vocês que confiaram em Carlos Eduardo os destinos das nossas vidas”, disse.

Segundo a ex-primeira dama, o encontro foi para agradecer “o empenho, a participação, a doação do tempo, da energia e alegria de cada um em favor do Rio Grande do Norte”. Para André Ramalho, “foi muito enriquecedor, intenso, verdadeiro e gratificante conhecer mais de perto nosso Estado e nossa gente”.

Também estiveram presentes no evento os vereadores Preto Aquino (PEN), Ney Lopes Júnior (PSD), Nina Souza (PDT) e Robson Carvalho (PMB), além de secretários e ex-secretários municipais.