Secretária indicada por Walter é exonerada da Prefeitura do Natal - Joabson Silva

NOVAS

01/11/2018

Secretária indicada por Walter é exonerada da Prefeitura do Natal


O Diário Oficial do Município de Natal desta quarta-feira, 31, trouxe a exoneração de mais um nome ligado ao ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), derrotado nas urnas no último domingo, 28, para o Governo do Estado. Desta vez, perdeu a função a então secretária adjunta do Turismo, Marília Dias, indicada para o cargo pelo deputado federal reeleito Walter Alves (MDB), primo de Carlos. Para seu lugar, já foi nomeado Francisco Soares Júnior, que ocupou a titularidade da pasta nos primeiros meses da gestão Micarla de Sousa.

Marília Dias é ex-prefeita de Macaíba e apoiou a candidatura de Carlos Eduardo a governador na cidade. Antes dela, o prefeito Álvaro Dias exonerou a titular da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social, Ilzamar Pereira, ligada diretamente ao ex-prefeito e a ex-primeira dama, Andréa Ramalho.

O clima de insatisfação entre Álvaro Dias e Carlos Eduardo cresceu durante a recente campanha eleitoral. O prefeito de Natal tentou eleger o filho, Adjuto Dias (MDB), para a Assembleia Legislativa. Mas, nos bastidores, a esposa do ex-prefeito atuou para fortalecer a candidatura da vereadora Nina Sousa (PDT) para deputada.

As informações dão conta de que Andréa Ramalho, como porta-voz do marido (Carlos Eduardo), teria mobilizado cargos comissionados das secretarias da Mulher, da Saúde e da Assistência Social para votar e pedir votos para Nina Souza, mesmo com o filho do prefeito sendo candidato ao mesmo cargo.

Adjuto Dias teve 28.697 votos no Rio Grande do Norte, dos quais apenas 7.939 foram em Natal. A votação foi praticamente idêntica à de Nina Souza, que conseguiu 7.379 votos na capital – ela recebeu pouco mais de 21 mil em todo o Estado. Nenhum dos dois venceu o pleito.