Itep firma parceria com órgãos federais para combater fraudes previdenciárias - Joabson Silva

NOVAS

27/12/2018

Itep firma parceria com órgãos federais para combater fraudes previdenciárias


O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep) firmou parceria com instituições federais nesta quarta-feira, 26, para o compartilhamento de informações e uso do banco de dados digitais do órgão da administração direta estadual. A medida será utilizada no combate de fraudes previdenciárias e bancárias.

O acordo para o uso dos dados públicos – são mais de 4 milhões de registros pessoais digitalizados – vai beneficiar a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil, o Ministério Público Federal, Correios e o Instituto Nacional do Seguro Social. A assinatura da parceria aconteceu na sede do Itep, no bairro da Ribeira, na zona Leste de Natal.

Segundo o diretor geral do Itep, Marcos Brandão, as instituições federais terão acesso ao banco de dados do instituto e realizar a conferência de informações. “Vai ajudar e muito na identificação das pessoas. Um exemplo é a concessão de benefícios previdenciários. A análise dos dados dará maior segurança no pagamento de aposentadorias, por exemplo. Isso evita a ocorrência de estelionatários previdenciários”, diz.

Atualmente, o Itep do Rio Grande do Norte trabalha com o sistema automatizado de identificação de impressão digital, chamado de padrão Afis. O banco de dados instituto tem todas as informações do cidadão, como nome, filiação, data e local de nascimento, bem como os dados das biometrias das digitais e da face.

O procurador federal Kleber Maciel avalia que os dados serão importantes para o combate de crimes contra a previdência. “O compartilhamento de informações agiliza a investigação e a atuação contra fraudes previdenciárias”, diz.

Atualmente, o MPF consegue impedir cerca de 150 fraudes contra o sistema de seguridade social por mês. O órgão já conta com parceria com hospitais públicos e cartórios, que disponibilizam informações sobre óbitos. “O acesso às informações do Itep vai facilitar no combate de um número ainda maior de fraude”, aponta Kleber Maciel.

Para o superintendente da Caixa Econômica no Rio Grande do Norte, Carlos Antônio de Araújo, avalia que o convênio dará maior segurança para a prestação de serviço ao público. “A importância é que poderemos identifica melhor nossos clientes, quando ele precisar de algum serviço do banco. Vai nos ajudar no combate de fraudes e inibe o uso indevido de documentação por falsários e criminosos”, encerra.