Carlos Eduardo inicia oposição a Fátima Bezerra, e usa redes sociais para passar a imagem que seu governo é omisso e despreparado - Joabson Silva

NOVAS

28/02/2019

Carlos Eduardo inicia oposição a Fátima Bezerra, e usa redes sociais para passar a imagem que seu governo é omisso e despreparado


A governadora Fátima Bezerra (PT) aproveite a lua de mel com a popularidade enquanto pode: faltando pouco mais de 30 dias para encerrar os primeiros três meses do atual governo, o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT) já demonstra que não dará trégua a atual governadora, que o derrotou nas eleições para o governo do Estado em outubro do ano passado. Alves, através das redes sociais, já começou a fazer críticas ao governo, sempre dando conotação de que Fátima Bezerra não tem capacidade de tirar o Rio Grande do Norte do quadro de crise em que se encontra.

Essa semana, ao divulgar em seu Twitter que o PIB da Paraíba cresceu mais que o dobro do Rio Grande do Norte, n período entre 2010 e 2016. Alves declarou em seguida que as perspectivas de .o estado sair a crise são “desanimadoras como atual governo”.

Carlos Eduardo também procura “vender” para os internautas a imagem de “omisso” do governo Fátima Bezerra, ao afirmar que o “RN vem descendo a ladeira sem qualquer ação real do Estado para fomentar desenvolvimento”.

Esta nova postagem do ex-prefeito de Natal no seu Twitter é a segunda que ele adota uma postura crítica com relação ao governo Fátima Bezerra. No início do mês em curso, Alves disse que a postura de Fátima prejudica o Rio Grande do Norte.

A crítica foi uma consequência da ausência de Fátima na reunião que foi convocada pelo ministro Sérgio Moro para tratar do pacote anticrime do Governo Federal. “Convocada pelo Ministro da Justiça para tratar de segurança (nosso cancro), governadora faltou. Convocada para discutir interesses do seu partido, obedeceu de imediato. Ela prejudica o RN com essa postura”, disse o ex-prefeito na ocasião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário