IFRN fecha cooperação com Universidade de Coimbra para cursos em Informática - Joabson Silva

NOVAS

25/02/2019

IFRN fecha cooperação com Universidade de Coimbra para cursos em Informática


O reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), professor Wyllys Farkatt Tabosa, assinou em Portugal um Protocolo de Cooperação com a Universidade de Coimbra, para cursos de Doutorado e Pós-Doutorado em Engenharia da Informática.

A parceria, voltada aos servidores, visa “dar resposta às necessidades de qualificação do nosso corpo técnico e docente”, disse Wyllys. Segundo Joaquim Ramos de Carvalho, vice-reitor da Universidade de Coimbra, este é o primeiro protocolo que a instituição celebra com o IFRN: “a perspectiva é que seja alargado a outras áreas, nomeadamente o Direito, as Ciências da Educação e o Ensino à Distância”.

EXPECTATIVA

De acordo com Wyllys, só na área de Informática, o IFRN tem 200 docentes com necessidades de formação avançada. O diretor do Departamento de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra, Eduardo Monteiro, informou que espera já no próximo ano letivo receber dez docentes da instituição brasileira para frequentarem cursos de doutoramento. O protocolo vai permitir ainda a cooperação no desenvolvimento de sistemas de segurança e parceria em projetos de investigação.

ESTUDOS INTERDISCIPLINARES

Outra das atividades aconteceu no Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, também parte da Universidade de Coimbra. O Centro possui nove frentes de investigação, entre elas o “Políticas e Organizações Educativas e Dinâmicas Educacionais”, que despertou o interesse para uma parceria com o IFRN. Reunido com os professores portugueses Antônio Rochette e Luís Alcoforado e a brasileira Betânia Leite Ramalho, professora da UFRN, o professor Wyllys discutiu a aproximação dos fazeres institucionais, principalmente com referência à formação de redes de estudos, como a Territórios Inteligentes Sustentáveis e Socioambientais (Tisse), “uma rede à qual nos integraremos e que, a partir dela, vamos construir ações interdisciplinares, que envolverão projetos de pesquisa na área de educação profissional, por exemplo”, disse Wyllys

O Cies20 é uma unidade de vinculada ao Instituto de Investigação Interdisciplinar e financiada desde 1998 pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, agência pública nacional portuguesa, tutelada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior daquele país. O Centro de Estudos desenvolve um trabalho que incide nas discussões sobre a contemporaneidade com destaque à pesquisa das sociedades contemporâneas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário